A Atlas Copco Rental contribui para um projeto de investigação de bateria de ar comprimido quente perto do túnel de São Gotardo

Antuérpia, Bélgica, 22 de agosto de 2016: Em Biasca, Suíça, está a ser desenvolvida uma forma inovadora de armazenar energia renovável. Num antigo túnel de transporte do túnel de São Gotardo estão a ser feitos testes para armazenar ar comprimido quente e libertá-lo para a rede de energia quando necessário. Dois compressores da Atlas Copco Rental fornecem o ar isento de óleo necessário para esses testes. Se o teste for bem-sucedido, serão dados os primeiros passos no sentido de armazenar de forma eficiente o excesso de energia.

“A ideia de armazenar ar comprimido subterrâneo não é nova. Já no final dos anos setenta, investigadores tentaram armazenar ar comprimido e usá-lo como uma fonte de energia. No entanto, estas formas de armazenamento não eram eficientes, uma vez que uma grande quantidade de ar e de calor era perdido durante o processo.”

Giw Zanganeh, Diretor das tecnologias de armazenamento de energia da ALACAES

Célula de teste de alta tecnologia perto do túnel de São Gotardo

A pressão neste bujão irá subir até aos 100 bar a 500 °C

"Na ALACAES, apoiada pelo governo suíço, estamos a investigar se podemos aumentar a eficiência armazenando, não só o ar comprimido em si, mas também o calor gerado no processo. Por isso criámos uma célula de teste de alta tecnologia dentro deste antigo túnel de transporte do túnel de São Gotardo," diz Zanganeh.


Não só a configuração, mas também a localização são extraordinárias. A célula de teste está configurada em Biasca, Suíça, numa antiga passagem de transporte com 20 anos, no túnel de São Gotardo. Este pequeno túnel tem apenas cerca de 5 m de diâmetro no seu ponto mais largo e foi originalmente escavado para o transporte de rochas e outros detritos da construção do túnel de São Gotardo. Ainda se podem ver estes detritos no lado exatamente oposto do túnel, onde um planalto verde foi concebido com os mesmos.


A verdadeira bateria: um depósito de betão cheio de rochas

A célula de teste perto do túnel de São Gotardo

"Separámos uma parte do túnel com duas placas de betão com 5 m de espessura e uma porta de aço. As paredes desta parte são cobertas com uma camada de silicone de fibra de vidro, o que nos permite medir exatamente o comportamento do ar comprimido. Entre estas placas encontra-se a bateria real de ar comprimido térmico: um depósito de betão espesso preenchido com rochas. Estas rochas irão reter o calor gerado e libertá-lo para a rede de energia quando necessário," explica Zanganeh.

A pressão e a temperatura sobem até 100 bar, 550 °C

A Atlas Copco Rental fornece 2 compressores isentos de óleo para testar se o ar comprimido quente pode ser utilizado como uma bateria

Zanganeh: "Aquilo que queremos testar é a forma como a parede do túnel e a bateria irão reagir à alta pressão, que pode chegar aos 100 bar e à temperatura elevada, até 550 °C. É claro que temos de fazer isso em pequenos passos, para não sobrecarregar o túnel. A primeira parte do teste começa em meados de agosto e tem a duração de 3 semanas. Durante este período vamos gradualmente aumentar pressão até 33 bar e a temperatura até 550 °C. Nesta etapa utilizamos dois compressores de ar isentos de óleo da Atlas Copco Rental. Escolhemos a Atlas Copco Rental uma vez que são o único fornecedor na região que pode alugar compressores isentos de óleo de alta qualidade". "A célula de teste é coberta com câmaras subaquáticas, resistentes a alta pressão. Todos estes são ligados ao nosso laboratório de teste, que está mesmo antes da primeira placa. Aqui, podemos medir todos os comportamentos da célula de teste: uma perda ou aumento de carga, movimento da parede do túnel ou da bateria de rochas… Se o túnel consegue manter a pressão e se, ao mesmo tempo, conseguirmos separar o calor gerado no processo, o teste será bem-sucedido", conclui Zanganeh.

Armazenamento de energia, o próximo passo em energia sustentável

Se o teste for bem-sucedido, Giw Zanganeh e a sua equipa terão encontrado uma forma eficiente de armazenar energia. Armazenar energia de forma eficiente é um dos maiores desafios no "Energiewende", uma vez que muitas das fontes sustentáveis de energia, tais como a energia solar ou eólica, têm picos altos com muita energia em excesso.

Para mais informações, contacte:

A Atlas Copco é um líder mundial no fornecimento de soluções de produtividade sustentável. O grupo proporciona aos seus clientes soluções inovadoras de compressores, vácuo e sistemas de tratamento de ar, equipamentos de construção e mineração, ferramentas elétricas e sistemas de montagem. A Atlas Copco desenvolve produtos e serviços focados em produtividade, eficiência energética, segurança e ergonomia. A empresa foi fundada em 1873, tem sede em Estocolmo, na Suécia, e tem um alcance global que abrange mais de 180 países. Em 2015, a Atlas Copco apresentou receitas na ordem dos 102 mil milhões de SEK (11 mil milhões de EUR) e contava com mais de 43 000 funcionários. Saiba mais em www.atlascopcogroup.com . A Specialty Rental é uma divisão dentro da Atlas Copco na área de negócios Técnica de Construção. Esta proporciona aos clientes dos segmentos da indústria, em todo o mundo, soluções de aluguer temporário de ar e energia. Os serviços especializados de aluguer são disponibilizados sob diversas marcas. A sede da divisão está localizada em Houston, nos EUA. Saiba mais em www.atlascopcorental.com

Centrais elétricas Europa Suíça Compressores de ar isentos de óleo 2016 Ar